quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

2012: do Povo, Pelo Povo e para o Povo



Jeshua por Judith Coates – 01-11-2011


Amado e Sagrado Filho de nosso Pai Celestial, Filho da Fonte, Filho da Luz, Divino. É isto que vocês são.

Eu sou aquele conhecido como Jeshua ben Joseph, Jesus como me chamavam, e é com grande alegria que eu venho aqui até vocês, nesta noite do seu tempo, pois vocês escolheram novamente me chamar. É sempre uma grande alegria estar em seu meio; ser capaz de olhar com os olhos humanos e contemplar o seu esplendor; ser capaz de sentir coração a coração, o amor que vocês são. E sentir a emoção de sua alma, enquanto ela está no limiar de fazer uma grande mudança no espaço da compreensão da Unidade.

Há uma grande excitação. Todos os Mestres, Ascensionados e aqueles que vivem entre vocês, estão sentindo grande entusiasmo, porque vocês estão prontos. Vocês estiveram pedindo, estiveram suplicando, orando para querer saber: “Quem eu sou? Por que sou eu? O que está acontecendo? Eu quero saber tudo de mim; não apenas o ego separado diz que eu tenho problemas e desafios, que eu tenho coisas que eu tenho que confiar que irão ficar bem. Mas eu quero saber tudo sobre mim. Quero saber das coisas boas.”

Vocês começaram a dizer isto agora. É o momento de saber das coisas boas. Vocês disseram: “Eu sofri as pedradas e as flechadas de muitos durante muito tempo. Passei por desafios por tempo suficiente. Agora eu quero saber tudo sobre mim. Quero conhecer a minha Realidade – “R” maiúsculo - que me permita criar a realidade – “r” minúsculo” – de minha própria experiência, e se eu não gostar desta realidade, saber que eu tenho o poder de mudá-la e de realmente assumir este poder”. Para realmente assumir o poder divino da criatividade que vocês são, fazer as mudanças que parecem impossíveis ao ego separado, e fazer aquelas mudanças, momento a momento. E isto é o que é preciso.

O ego separado foi o seu companheiro por tanto tempo que parece que faz parte de vocês, uma parte muito integrante de vocês. Sempre que vocês começam a entrar em um novo espaço, ele irá lhes falar com voz alta e irá lembrá-los de outros momentos em que tentaram sair do que fora a imagem humana.

Quando vocês decidem pedir para saber tudo de vocês, o ego separado correrá para o palco e dirá: “Mas você tentou isto antes, e isto não o levou a lugar nenhum. Por que você acha que agora será diferente?” E vocês dizem: “Porque agora eu tenho outra informação. Eu tenho praticado a minha confiança. Tenho praticado a minha Luz, acendido a minha Luz, sentindo-me feliz no meio do desconhecido e o que é preciso fazer para chegar a este espaço de compreensão – para tornar real em minha experiência – a Unidade que eu sou.”

O poder desta Unidade é o velho ditado: “Pratique, pratique, pratique.” Apenas continuem dizendo: “Eu Sou Um. Eu Sou poderoso. Estou saindo do espaço da separação. Eu Sou confiando. Sei que sou amado, que estou sendo cuidado, e que sempre irei prosperar. Eu Sou sempre íntegro. Eu já estou curado. Eu não tenho que me preocupar com o que o amanhã irá me trazer, porque eu sei que será tudo para o meu bem”.

Agora, o ego separado neste ponto irá correndo ao palco e dirá: “Oh, sim, certo; isto pode parecer uma pilha de estrume, mas será para o seu bem, com certeza.” E vocês dizem: “Sim, eu agora confio nisto. Sei que tudo está operando para a compreensão de que há verdadeiramente somente Um de nós presente. Há somente Um de nós. Não há separação.”

É por isto que eu lhes falei muitas, muitas vezes e porque os outros Mestres lhes falaram que há somente Um, que a sua Realidade – “R” maiúsculo – é a Unidade, somente Um. Não há separação. Assim há um grande entusiasmo neste plano e nos outros planos, assim como eles veem a sua disposição, porque isto é tudo o que é necessário: é a sua disposição de praticar, de voltar a cada vez e dizer: “Não, eu não serei como eu fui há um momento ou há um dia antes. Eu serei uma nova pessoa em Cristo.”

Seus irmãos e irmãs têm uma declaração adequada se eles compreenderem o verdadeiro significado disto. Eu sou uma nova pessoa em Cristo. Estou concretizando o Cristo ao ser o que eu sou. O que o Cristo faria? Não apenas o que o Cristo faria, mas o que o Cristo faria em uma situação? E então façam uma pausa por um momento, tomem uma respiração profunda, e se não obtiverem uma resposta, respirem profundamente mais uma vez. Se não obtiverem uma resposta, continuem respirando até que consigam uma resposta. Oh, vocês terão um pouco de sono, porque têm muito oxigênio, mas isto não acontecerá, porque antes que durmam terão alguma orientação.

Agora, eu fui solicitado a falar nesta noite sobre o seu próximo ano que está se aproximando rapidamente, um ano que foi chamado de 2012, dois mil e doze. Tem havido muitas profecias sobre o que este ano de 2012 irá trazer. Tem havido relatos e profecias conflitantes, e é difícil saber o que estará acontecendo.

Bem, eu lhes digo, vocês são aqueles que estarão criando a realidade – “r” minúsculo – de 2012. Eu lhes darei algumas probabilidades, mas a escolha final é sua. Vocês são os mestres, portanto, sempre que houver uma escolha, permitam-se respirar, recuem como o Observador e perguntem: “O que é para o bem mais elevado de Todos, do Um?” E novamente, se a resposta não vier imediatamente, perguntem novamente e esperem por ela.

Agora, o seu ano de 2012 foi designado como um grande e fundamental ano, e tem a profecia de que no último mês, na terceira semana do último mês do ano haverá uma grande mudança. Alguns irão despertar e compreender quem eles são e o que está acontecendo. E isto é verdade. Esta profecia contém um núcleo de verdade nela.

Haverá muitos. Porque eles esperam que isto aconteça: isto irá acontecer para eles e através deles. Entretanto, eu lhes digo que vocês não têm que esperar até 21 de dezembro para que isto aconteça. Vocês podem deixar que isto aconteça em 21 de junho e comemorarem mais cedo ou em qualquer outra data que queiram no ano, porque vocês são os mestres de sua realidade – ‘com “r” minúsculo.

Mas, as probabilidades, como se vê agora, olhando à frente para o ano de 2012, será um ano de grande tumulto, caos; um ano de divisão; um ano de irmãos e irmãs escolhendo os lados e permanecendo muito firmes em suas crenças e defendendo as suas crenças, tanto quanto vocês tiveram neste ano. Isto irá crescer muito, onde algumas pessoas se colocarão em dois campos definidos e defenderão o que eles acreditam como o que é correto em suas crenças.

E assim nos dez, onze primeiros meses do ano, vocês terão muito caos, tanto de palavras, quanto de julgamentos. Não será uma visão bonita, exceto quando se sentarem na primeira fila das cadeiras em uma produção da Broadway e observarem todo o drama que está acontecendo e se absterem de ficar atraídos por isto, tanto quanto possível.

Agora, vocês terão as suas próprias crenças, e encontrarão uma afinidade com pessoas que compartilham os mesmos sistemas de crenças. Perceberão que às vezes ficarão um pouco influenciados pelo que está sendo dito pelos “outros” e então recuarão e dirão: “Mas isto é uma produção da Broadway e é digna de muitos prêmios”, porque será.

Vocês encontrarão pessoas, que surgirão na ocasião, muito fortes em suas crenças, e colocando informações, quer seja verdade ou não, trazendo informações que sirvam a sua causa. E elas acreditarão, pelo menos a um nível superficial, no que elas estão dizendo. Se vocês questionarem – e haverá muitos questionamentos que acontecerão – se vocês os questionarem haverá um pouco do que vocês chamam de “enrolação”. Mas superficialmente haverá muita divisão.

As vozes que estão clamando por mudança, que estão clamando para ajudar irmãos e irmãs, estas vozes serão atropeladas na confusão de outros que sentem que eles devem completar as existências como um guerreiro. É isto o que eles estão fazendo. Eles estão completando existências onde estiveram em batalhas, em apuros, onde eles foram os comandantes, onde eles foram aqueles que tinham que tomar as decisões difíceis, e onde ainda que eles vissem a batalha acontecendo contra eles, eles não poderiam mudar a sua mente, porque eles já estavam presos no que eles tinham escolhido.

E assim haverá aqueles que serão muito decisivos e guerreiros. Vocês verão muita guerra – em grande escala e em uma escala individual. Colegas de trabalho... haverá muita turbulência no emprego e haverá menos empregos do que vocês têm agora. Em outras palavras, o que está chegando como programas para a criação de empregos, irão falhar.

O poder será finalmente realizado ao nível das bases, a nível pessoal. Este é o milagre que irá acontecer. O poder estará com vocês e os irmãos e irmãs resgatarão o seu poder dos grupos daqueles que supostamente os representavam. Eles representavam a si mesmos ou às grandes corporações.

Haverá um milagre na mudança de pensamento, onde as pessoas irão perceber que os representantes não os representam. Eles estão indo contra qualquer coisa que pareça ser o senso comum, e o senso comum não é tão comum, como vocês sabem. Eles não estão olhando para o homem comum. Eles estão preocupados em como vencer a batalha, porque como eu disse, eles estão completando existências onde eles foram os guerreiros e onde eles tinham que estar certos, e se não estivessem certos, significava a morte para o corpo deles.

Assim vocês podem ver que é uma crise de vida e morte que eles estão observando, e, portanto, eles estarão muito presos em suas crenças e as defenderão até à morte. Vocês e outros que têm um ponto de vista diferente, irão se questionar: “O que está acontecendo a minha realidade? Não é isto o que eu tinha imaginado. Isto não é o que eu pensei que estaria acontecendo em um lugar que prometeu que cada pessoa poderia viver o seu sonho, o tão chamado sonho Americano, a chamada potencialidade daqueles entes que são capazes de perceber o seu potencial mais pleno. Isto não é o que eu pensei que os representantes iriam dizer.”

Agora, alguns dos representantes estarão compreendendo a posição do “homem/mulher comum” e eles estarão falando alto, mas as suas vozes serão abafadas pelos guerreiros que têm que vencer. Assim, vocês verão muitas guerras e discussões acontecendo; desapontamento, frustração daqueles que elegeram um líder pensando que ele poderia fazer tudo certo, e vendo que ele não pode fazer tudo certo. Na verdade, ele não poderia de qualquer forma, porque vocês são aqueles no comando do seu próprio destino. Mas ele se ofereceu, como a grande alma que ele é, que ele deveria desempenhar esta parte neste momento e que ele faria o melhor possível para inserir de vez em quando a voz da razão.

Mas a voz da razão não será ouvida; não por muito tempo no ano; não por muitos meses no ano. E alguns se voltarão para os outros, aqueles de mentes afins, aqueles que querem ajudar os outros. Vocês irão se agrupar e perguntar: “O que eu tenho em nossa casa que podemos compartilhar com outros para favorecê-los? O que podemos fazer para formar, talvez, uma corporação própria, onde possamos reunir e distribuir os bens que outros precisem e deixar de olhar para o grande pai/mãe em Washington D.C, ou em qualquer capital de qualquer país para cuidar de mim. O grande pai/mãe, na verdade, não existe, exceto em seu coração. Assim começará a tornar evidente para vocês e seus irmãos e irmãs que vocês não têm uma voz em grande escala do que está acontecendo, mas que têm uma voz que é muito poderosa quando se unem e decidem o que podem fazer para favorecer aqueles em sua própria vizinhança e até mesmo muito mais longe do que isto, quando começam a obter uma grande cena do que pode ser feito.

Vocês não são impotentes. Haverá um sentimento nos primeiros meses, nos seis primeiros meses, talvez, do ano de 2012 de impotência. “Por que os meus representantes não podem compreender o que precisa ser feito? Por que eu sou impotente para levá-los a entender esta petição que acabei de assinar? Por que eles não me ouvem?”

Eles não os ouvirão porque eles não precisam ouvi-los, porque vocês estão indo levá-la em suas próprias mãos e seu coração para mudar as coisas. Todos vocês são muito poderosos, e tudo o que é preciso é esta mudança na consciência que diz: “Eu sou o que eu estava buscando. Eu sou todo-poderoso e posso ajudar outros. Posso me unir a outros de mentes afins.”

Vocês têm muitos em seu meio que sabem como organizar. Eles têm ficado à margem...como você, você, você e você... sentados à margem, pensando: “Bem, eu sou apenas uma pessoa e não sou formado em tal e tal coisa e não sei o que eu posso fazer”.

Vocês podem fazer muito. Vocês já sabem como usar a sua tecnologia para agir de acordo com outros, agirem de imediato com outros através dos seus textos, dos seus e-mails e telefones. Vocês sabem como agir de acordo com outros e sabem como encontrar aqueles que sabem como se organizar.

Tudo o que é necessário é esta pequena mudança ao espaço onde dizem: “Ei, ninguém mais está fazendo isto. Talvez seja porque eu sou quem deve fazê-lo.”, e assim resgatando o seu poder, sem mais se preocupando que o importante irmão/irmã/mãe/pai no governo cuide de vocês. Isto é o que vocês estão “proporcionando” a si mesmos, como evidência de que a mãe/pai/governo não mais pode fazê-lo. Mas vocês podem. Vocês podem se tornar o governo do povo, pelo povo, para o povo.

O que acham que significa esta afirmação? Seus antepassados sabiam quando eles escreveram isto. Eles sabiam onde o poder se encontra; não com representantes que estão a quilômetros de distância e não têm nenhum indício do que vocês fazem dia a dia. Eles sabiam onde está o poder, e está sendo devolvido a vocês agora.

Assim, vocês irão se reunir em grupos – não importa o tamanho – um grupo de dois ou três, um grupo de cinco, seis, quinhentos – não importa – compreendendo que podem ajudar os seus irmãos e irmãs. Vocês podem olhar em seus armários, tudo o que vocês têm em sua casa para compartilhar. Todos vocês têm cobertores extras. Todos vocês têm roupas que não utilizam mais.

“Bem, eu poderia precisar dela, talvez no próximo ano. Seria melhor eu mantê-la.” Bem, vocês as guardam até que as traças cheguem até elas. Distribuam-nas. O que tiverem, deem. Será uma sensação de libertação e será também de muita ajuda para outros que talvez estejam em um espaço de se sentirem desamparados. Digam a eles: “O que vocês têm que eu possa dar? Eu lhes farei uma troca.” Porque vocês não querem que eles sintam que estão apenas recebendo e que eles estão sendo impotentes. Peçam-lhes que deem também. É uma troca, porque eles têm algo a dar.

E se eles não tiverem algo tangível a dar, eles têm um sorriso a dar. Eles têm palavras de sabedoria a compartilhar com outros. Eles têm o abraço que pode ser dado ou o ombro em que outra pessoa possa chorar ou se apoiar por um momento ou mais, não importa quanto tempo isto possa levar. Se eles não tiverem o tangível, definitivamente eles têm o intangível.

Assim o poder está retornando para vocês. Esta é a minha mensagem para vocês sobre o ano de 2012. Há um milagre que estará acontecendo no ano, e o milagre será o despertar do povo que resgatará o poder; não só neste país geopolítico, mas em outros países também, mas vocês não têm que esperar que outros despertem. Vocês podem despertar. Vocês podem começar agora mesmo.

Estudem por si mesmos. Recebam estas palavras de uma forma profunda: o poder do povo, pelo povo e para o povo. O que isto significa? Ei, talvez eu seja um povo. Talvez eu tenha o poder. Talvez eu não tenha que me sentar e aguardar até que alguém cuide de mim e faça algo por mim. Espalhem a palavra a todos.

Eu gostaria de sugerir que vocês se reúnam uma vez por semana com aqueles de mentes afins e se organizem quanto ao local onde possam se voluntariar, dar os seus serviços, dar os seus bens tangíveis, qualquer coisa que tenham a compartilhar. Deixem fluir as idéias. Vocês sabem como uma idéia pode ser poderosa, uma idéia cujo momento chegou. E eu estou lhes dizendo que no ano de 2012 o momento desta idéia chegou.

O Governo irá parecer uma confusão, porque é. O Governo perdeu o contato com o povo. O Governo está cheio de pessoas que estão concluindo, e não há nada que lhes tirará do seu curso. Mas a boa notícia é que vocês não têm que se preocupar com eles, porque vocês estarão assumindo o seu poder e se organizando.

Vocês têm bases de algumas corporações, de organizações filantrópicas com que podem trabalhar: vocês podem estabelecer a sua. Se todos colocarem um pequeno dízimo... vocês podem não ter muito e podem dizer: “Bem, o meu dízimo é de apenas dez centavos.” Está certo, dez centavos aqui e dez centavos ali, e depois de algum tempo, vocês têm vinte centavos. Sim, e a isto se acrescenta cinquenta centavos, um dólar... e logo vocês têm dinheiro para trabalhar e ajudar outros.

Mas não precisa ser somente as moedas de ouro. Este é o ponto principal que estou tentando colocar. Podem ser coisas intangíveis como acreditar em outra pessoa e perguntar a uma pessoa desempregada: “Qual é a sua especialidade? O que você pode fazer? O que gostaria de fazer?” Façam uma pesquisa. “Oh, Jeshua, isto requer tempo.” Bem, o que mais vocês têm?

Vocês têm em sua maravilhosa rede em todo o mundo coisas como e-Bay (eBay é o nome de uma empresa de comércio eletrônico fundada nos Estados Unidos), Craig’s List (craigslist fornece classificados e fóruns locais para empregos, vivenda, à venda, relações, serviços, comunidade local e eventos), Angie’s List (empresa americana que oferece ajuda para as pessoas na hora da contratação de serviços como: construtores para um reforma na sua casa, o médico mais apropriado para uma determinada doença, entre outros auxílios). Está certo, comecem com estas. Iniciem o seu próprio negócio, uma lista de quem irá trabalhar com alimentos, permuta... Idéias antiquadas, mas que funcionam. Comecem a sua própria lista – A Lista de Jennie. O que vocês têm que podem trocar.

Isto cria duas coisas. Serve à pessoa que está procurando por uma pessoa que esteja desempregada e que tem talentos, mas que não está sendo contratada em nenhum lugar e também lhes dá a auto-imagem que ela não é mais indesejada e que tem valor. Eles estão em sua lista. Vocês poderiam até receber telefonemas e mensagens de texto... e eles irão.

Resgatem o seu poder. É disto que se refere o ano de 2012. Agora, eu sei que a mensagem desta noite foi um pouquinho diferente do que vocês esperavam ouvir, mas a sua economia está afundando, porque não há nada para sustentá-la. Sua economia é como um castelo de cartas e vocês começaram a ver que algumas das cartas na base, no piso inferior, foram arrancadas. E aquelas nos pisos superiores, estão um pouco instáveis, para dizer o mínimo.

Sua economia não irá melhorar a partir de fontes externas, mas sim pelo que vocês fizerem, porque estarão acreditando na Lista de Jennie, na Lista de Jim, na Lista de Ted. Vocês estarão acreditando no grupo que organizarem, e vocês começarão a trabalhar em uma rede. Todos vocês são bons na rede de relacionamentos, e conhecem outros que não estão fisicamente presentes nesta sala que são bons também.

Vocês conhecem pessoas. Meu Deus, vocês não se sentam em seus armários e não veem ninguém. Todos os dias vocês saem e interagem com pessoas. Comecem a interagir, a oferecer, perguntem o que a outra pessoa tem a oferecer.

Vocês têm nesta noite uma mesa cheia de livros e fitas que são gratuitas, porque alguém está querendo capacitá-los, e desta forma se capacitar. Todos vocês têm coisas que podem compartilhar com outros. Algumas destas coisas podem ser de uso mais imediato. Todo o material é de uso, mas algumas vezes os irmãos e irmãs estão sofrendo muito para se sentarem com o que eles denominariam de livros espirituais e compreenderem o seu poder espiritual, assim vocês têm que começar a alimentar o seu corpo primeiro ou lhes dar o cobertor para manter confortável o seu corpo.

Então, depois que o corpo estiver confortável, então talvez eles possam começar a entrar na sua própria fonte e se interiorizarem mais e encontrar o poder que eles são. Gostaria de sugerir, sugerir intensamente que aqueles de vocês que possam, se reúnam uma vez por semana e façam um relatório do que vocês fizeram naquela semana para ajudar nas atividades do grupo, fazendo a lista, ou talvez entrando em contato com lugares que já estão estabelecidos para ajudar aqueles que estão desabrigados.

Se vocês têm amigos que estão desabrigados... o que têm em sua casa que podem compartilhar? Têm um quarto vago em sua casa? Realmente, vocês têm. Vocês dirão: “Sim, mas há isto e aquilo e este problema e este outro desafio e...

Por que vocês acham que recentemente, em 2011, viram tantos “desastres naturais” do tempo? Foi uma faxina. Foi um tempo em que aqueles que têm tudo que eles sempre valorizaram, foi-lhes tirado, ou ameaçado de ser tirado. Eles chegaram ao espaço em que tiveram que compreender, e eles falaram isto: “Eu perdi tudo, até as fotografias dos meus antepassados, até momentos preciosos, mas ainda tenho a minha família.”

Eles chegaram à compreensão do que é verdadeiramente importante. Não são as coisas, não são as coisas tangíveis, e eles perceberam isto, embora como eu disse, algumas vezes vocês precisam das coisas tangíveis para o corpo, a fim de então avançarem para a próxima etapa de compreensão de quem vocês são. Eles compreenderam que as coisas tangíveis não são quem eles são.

Por que vocês acham que têm tantos terremotos, tornados, furacões, a seca que ainda continua durante meses em algumas partes do seu país? Assim tem sido de modo que aqueles possam chegar à compreensão de quem e o que eles são. Eles não são o seu emprego. Eles não são a sua casa. Eles não são nada que pensaram que fossem.

Vocês e os irmãos e irmãs estiveram fazendo um extraordinário planejamento do processo ao longo dos últimos anos: a queda da economia, os bancos, as hipotecas, aqueles que perderam as suas casas porque elas estavam presas às hipotecas. Isto começou como um processo há alguns anos, e então as empresas sem o dinheiro para reinvestir em seus negócios, tiveram que liberar alguns dos seus funcionários; boas pessoas com talentos, mas já não com o dinheiro para pagá-las.

Assim houve esta espiral descendente. Por quê? Tem sido um grande despertar global, mas se vocês quiserem, vocês podem simplesmente olhar para o seu próprio país geopolítico e ver o que esteve acontecendo. Tem sido em uma escala global, porque vocês não mais estão isolados dos irmãos e irmãs que poderiam estar do outro lado do oceano, em algum lugar, ou em outro país.

Vocês não estão separados. Sua mídia tenta trazer isto para casa, a cada vez que vocês se sintonizam com ela. Eles lhes mostram o que está acontecendo com os irmãos e irmãs que estão se posicionando e exigindo que eles tenham uma voz. Sim, o seu coração vai para eles porque um pouco disto parece bem terrível. Mas, na verdade, eles se voluntariaram para participar desta grande produção global da Broadway de modo que todos vocês, como Um, pudessem despertar para onde o poder realmente está. Não olhem para o outro, pois o poder se encontra dentro de vocês.

Então, eu sugeriria enfaticamente que vocês se reúnam com aqueles de mentes afins uma vez por semana, talvez uma vez a cada duas semanas. Se não tiverem um grupo de mentes afins, aparentemente, vocês têm a sua organização religiosa, a sua igreja, talvez, onde querem fazer o bem, mas não estão bem certos de como fazê-lo, ou talvez tenham certeza de como fazê-lo.

Vocês podem trabalhar dentro das estruturas que já estão estabelecidas e resgatarem o seu poder. É a isto que se refere o ano de 2012. Este é o milagre que estará acontecendo. E no dia 21 de dezembro de 2012, haverá um despertar daqueles que recordarão o ano e compreenderão – tornando real em sua consciência – ei, olhem o que nós fizemos neste ano. Olhem o que fizemos, unindo-nos como Um. Sentem o poder nisto? Este será o grande despertar em 21 de dezembro. Como eu disse, talvez isto chegue mais cedo do que 21 de dezembro.

Levem tudo isto ao coração, porque o que vocês verão no próximo ano do seu tempo será terrível, uma confusão, divisões, guerra; não o que vocês esperavam. E, ainda assim, o resultado será o que vocês esperavam, porque como eu disse inúmeras vezes: tudo funciona para a realização da reconciliação.

Tudo, não importa o quanto pareça ruim, funciona para a compreensão do “EU SOU O QUE EU SOU. EU SOU o poder que eu busco. EU SOU o Amor. EU SOU o milagre. Eu não esperarei que outra pessoa o faça por mim.” Vocês estiveram fazendo isto por muito tempo – existências onde vocês se escravizaram. Vocês se prostraram e disseram: “Oh, mestre, por favor, cuide de mim.”

Por muito tempo vocês entregaram o seu poder. Até neste país que foi fundado por seres iluminados, tem ainda o fato de entregar o poder e desejar, esperar que o grande mestre na capital cuide de vocês. Vocês não precisam de outra pessoa, mas vocês mesmos têm o poder.

Não se desanimem. Sejam animados pelo poder do Cristo interior.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus), expressando-se através de Judith Coates.

Universidade Oakbridge.

Tradução: Regina Drumond

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O Holograma da Vida



Jeshua ben Joseph (Jesus)
 por Judith Coates - 01-10-2011

Amados, vocês ouviram muitas vezes que vocês criam a sua própria realidade – letra “r” minúscula – e que vivem nesta realidade e não estão separados de sua realidade. Eu usaria um exemplo mostrado em um dos seus filmes de ficção científica, conhecido como “Guerra nas Estrelas”, onde mostravam o holograma de uma luta de espadas, e aqueles no filme estavam assistindo à luta de espadas como ela seria, se fosse na frente deles. Vocês se lembram deste?

Este é verdadeiramente um bom exemplo do que vocês estão fazendo. Vocês estão criando um holograma muito maior, convidando todos os seres para que fiquem em seu holograma para jogarem uns com os outros, ou não, e vocês estão assistindo o que está acontecendo. Vocês convidaram a todos para que façam parte do que vocês estão experienciando. E muitas vezes o ego separado irá ao palco e dirá: “Bem, se vocês estão criando este holograma e vêem que não há guerra em curso entre irmão e irmão e irmã e irmã, vocês devem estar fazendo algo errado. Vocês são culpados ao trazerem o que chamam de negativo à cena.”

Mas, na verdade, quando vocês recuam disto e ficam no lugar do espectador, vocês observam como até mesmo os atos aparentemente mais terríveis trazem o despertar nas pessoas que estão envolvidas naqueles atos e também naqueles que estão assistindo ao que está acontecendo, trazido a eles na tela da televisão, através do seu noticiário, algumas vezes sentindo o seu coração aberto para aqueles que estão participando daqueles eventos.

Há muito mais acontecendo além das aparências, e há muitas oportunidades para o amor e o despertar. Muitas vezes uma experiência que parece ser a mais terrível, permite ver e sentir a compaixão, a simpatia, a compreensão, onde o coração se abre e há Unidade com a pessoa ou pessoas que estão passando por uma experiência, de modo que vocês sintam como se estivessem andando nas sandálias delas.

Na verdade, vocês andaram nas sandálias delas. Vocês experienciaram a guerra, o conflito, o desafio, caso contrário, não haveria o cartão em seu computador, que registra e diz: “Sim, eu compreendo isto.” Vocês viveram aquelas existências e agora compreendem como é estar em tal situação, e o seu coração se abre, e vocês compreendem que de maneiras mundanas podem ajudar aqueles com as moedas de ouro, ou com os dons intangíveis da prece e da meditação.

E assim isto lhes traz um conhecimento da Unidade. Tudo – como eu lhes digo inúmeras vezes – leva à compreensão da Unidade. Cada acontecimento, não importa como ele pareça, tem nele o potencial para o despertar e para a compreensão de que vocês são unos com os outros. Vocês compreendem os sentimentos. Vocês compreendem as jornadas. Vocês se compreendem porque estiveram lá, não importa o que esteja se passando. E o seu coração se abre para apoiar os outros em sua jornada.

Esta é a mensagem que eu lhes dei há dois mil anos, que realmente vocês são irmãos. Tudo está dentro de sua consciência – tudo o que vocês vêem, tudo o que experienciam, tudo o que vêem os outros experienciando e compreendem que o que eles estão passando, está dentro de sua consciência.

Há verdadeiramente somente Um tendo a experiência, pois o Um está se expressando como muitos. Isto é Quem e O Que vocês são. Vocês são o Um se expressando como muitos. Se não se lembrarem nada mais desta mensagem, lembrem-se de que a experiência que vocês estão tendo está dentro de sua consciência, e que vocês são o Um se expressando como muitos.

Aquilo que vocês buscam pode ser tirado de sua consciência. Vocês são muito poderosos. Nós falamos sobre isto muitas, muitas vezes quanto a como são poderosos, tão poderosos, tão criativos que podem trazer o seu ponto da consciência ao espaço onde dizem: “Eu sou um corpo; eu sou uma personalidade separada das outras. Eu tenho talentos que estão separados dos outros. Eu dirijo um veículo diferente dos outros. Tenho desafios diferentes, uma família diferente, ensinamentos de gerações diferentes dos outros.”

O ego adora apoiar este script. Entretanto, como a energia, a energia infinita da Unidade, vocês se permitem se experienciar como separados. Mas, na verdade, vocês não estão.

Vocês já testaram isto ao longo da vida e encontraram algo ou alguém a quem amam, e se perderam neste amor. Vocês apenas vêem o objeto amado, seja outra pessoa, ou um animal de estimação, ou mesmo uma ocupação, e vocês sentem o amor incondicional expansivo, que por um momento não reconhece a separação.

Vocês sabem que são a mesma energia e amam tanto este ser ou esta expressão do ser, que perdem as limitações de quem se consideravam ser e ficam então na alegria, na divina alegria.

Agora, há coisas em seu holograma em que vocês querem mudar a forma e vocês podem fazer isto. Vocês trabalham com a permissão, olhando primeiro para o que há no holograma, enquanto compreendem como é a sua vida, e então permitindo que tudo seja visto como adequado. Vocês têm esta afirmação nas suas Sagradas Escrituras, que Deus – vocês – fizeram tudo e que no sétimo dia – em outras palavras, no último dia – vocês olharam para tudo e o chamaram de bom. Vocês se esqueceram desta parte.

Agora vocês olham as coisas e é habitual – mas se é um hábito, isto pode ser alterado – procurar o que está errado. Foi-lhes ensinado através das gerações a procurar o que poderia ser melhor, o que está errado, até uma pequena coisa que poderia ser aperfeiçoada um pouco. Já está perfeito, mas lhes foi ensinado por gerações – os pais, os avós, os antepassados, que disseram: “A vida é imperfeita”, e vocês quando pequenos disseram: “Bem, eles viveram mais anos do que eu; eles devem saber”, e assim vocês assimilaram a mensagem que lhes foi dada através de gerações.

As sementes foram plantadas há muito tempo, mesmo antes desta existência, e aquelas sementes do desejo de conhecer a harmonia e a Unidade, estão crescendo. Elas são como pequenas mudas crescendo, tornando-se mais fortes, tornando-se mais parte de sua consciência, e vocês trabalham com isto de vez em quando, quando uma idéia chega até vocês e vocês se perguntam às vezes: “De onde veio esta idéia?” Bem, ela vem da pequena muda que foi plantada, talvez há muitas existências de querer despertar para o espaço da divindade, o espaço que conhece a Unidade com Tudo, o espaço que diz: “Eu estou bem”, porque vocês estão, “e eu quero sentir isto. Eu mesmo começarei a reconhecer isto.”

Foi um treinamento habitual para olharem para fora de si mesmos, para a energia separada, individualizada e pedir a validação dos outros. “Se os outros vêem o meu valor e eles o refletem para mim e dizem como eu sou maravilhoso então eu devo ficar bem. Mas se eles não reconhecem o anjo que eu sou, a Luz que eu sou, o Filho – F com letra maiúscula – que eu sou, então eu não devo ser digno.” Foi um ensinamento de gerações por muito, muito tempo, olhar para fora, aparentemente, porque não há nada realmente fora de vocês, mas sim olhar para os outros à procura de validação.

Assim comecem a se validar. A primeira coisa pela manhã quando acordarem e respirarem profundamente, saibam que verdadeiramente vocês são uma obra milagrosa que permite esta respiração profunda para energizar o corpo. Reconheçam o milagre que vocês estão fazendo neste momento de se concentrar na forma de energia que vocês reuniram chamado de corpo. Reconheçam o milagre que não estava ali um momento antes disto. Vocês são seres maravilhosos, que podem reunir este holograma e chamá-lo de real.

Agora a sua Realidade – “R” com letra maiúscula – é o que lhes permite usar a energia para criar a sua realidade – “r” com letra minúscula – e sentir que esta realidade é verdadeira. Mas a sua verdadeira Realidade é divina.

Seu mundo está chegando a um espaço onde não é mais capaz de estar tão separado, um país do outro. Vocês têm uma compreensão global. Sua mídia tem percebido isto. E a sua Internet, a sua rede mundial de computadores é muito boa para mantê-los conectados àqueles que vocês nunca podem ver com os olhos físicos, mas sabem o que está acontecendo com eles.

Vocês têm uma compreensão neste ponto que parece que tudo está em caos. Um pouco disto está passando por turbulências e ainda continuará a passar por algumas agitações, porque vocês queriam conhecer a harmonia global. E assim, portanto, o seu holograma, como vocês o estão criando, diz: “Bem, nós tempos que ter alguns ingredientes aqui de mudança. Se isto não for harmonia global no momento – e não é, como parece – precisamos ter alguma mudança.”

E assim, no holograma que vocês estão desenvolvendo momento a momento com a sua consciência, há turbulências. Mas as turbulências – como lhes dissemos muitas, muitas vezes – são adequadas. São necessárias. Pois quando vocês saem para lavrar o solo, fazer algo como o jardim ou as culturas agrícolas, a primeira coisa que vocês fazem, é lavrar o solo. Vocês o revolvem e então plantam.

E como eu disse, vocês plantaram. As mudas estão crescendo, e vocês estão sabendo da bondade destas mudas. Ainda que o ego diga: ”Oh, bem, você tentou isto antes e não irá funcionar”, mais uma vez vocês nutrem esta muda de esperança, dizendo: “Olha eu quero que o meu holograma seja diferente.” E assim, com determinação para ver as coisas de modo diferente, acontece. Tem que acontecer.

Vocês são Seres criativos, expressando-se aparentemente como muitos, criando momento a momento aquilo que experienciam em sua consciência. Assumam isto profundamente em sua consciência. Vocês são Seres criativos, expressando-se aparentemente como muitos, criando momento a momento aquilo que experienciam em sua consciência.

Vocês fizeram isto por muitas, muitas vidas, tantas vezes que o ego diz: “Bem, você tem evidência que o que quer que seja que tente mudar para melhor, não irá funcionar.” Mas, onde está esta “evidência”? A “evidência” reside na memória, em um programa de computador antigo que, na verdade, está obsoleto; ele não funcionará mais em seu computador.

Vocês têm verdadeiros programas de computador que são assim. Eles lhes serviram bem por algum tempo, e então vocês adquiriram um novo computador, ou o atualizaram, e o que aconteceu? O velho programa não funcionaria. Bem, isto é onde vocês estão agora com o holograma que estão vivendo. Alguns daqueles velhos programas não funcionam mais.

Aquilo que aparentemente lhes aconteceu há muito tempo nesta vida ou mesmo ontem, onde ele existe? Verdadeiramente, em nenhum lugar. Somente na memória quando vocês o trazem e tentam revivê-lo. Mas, não é real. Não é mais real. E vocês, como mestres criativos que são, podem dizer: “Desapareça. Eu não quero você em minha memória. Você é um velho programa que não mais me serve. Eu o substituirei por uma atualização.”

Como Seres Criativos que são, vocês podem mudar tudo e qualquer coisa no holograma que estão vivendo se tiverem a vontade e a determinação para respirar e dizer: “Eu estou determinado a ver as coisas de forma diferente. Ei, você sabe, a vida é realmente muito divertida. Eu tenho muitos amigos. Meu grupo de amigos esteve crescendo e se expandindo, e realmente eu me sinto bem com isto. Pensei que tivesse somente um ou dois amigos, mas sabe, em todos os lugares que eu vou, eu faço um amigo. Eu os vejo como amigos, e assim eles são amigos. Eu tenho muitos amigos, e não tenho medo de ir a um novo lugar e fazer outro amigo. É um talento que eu tenho.”.

Quando vocês verem o outro como um amigo em seu holograma, isto é o que eles serão, o que eles terão que ser. Vocês são muito poderosos como mestres criativos. Vocês sorriem. Algumas vezes eles sorriem de volta imediatamente. Algumas vezes eles olham para vocês interrogativamente, como: “O que está acontecendo?” Mas está tudo bem. Vocês sorriram. Vocês colocaram Luz em seu holograma.

Vocês têm vivido vidas de hologramas escuros. Mas eles não mais estão com vocês, aqueles programas, e não mais lhes servem. Vocês não precisam deles. Vocês atualizaram e os estão abandonando. Eles não existem mais para vocês, exceto quando os trazem à realidade do Agora. Assim, vocês não têm que tê-los como companheiros em seus hologramas.

Se vocês compreenderem este conceito e realmente o levarem ao coração, não apenas mentalmente, mas realmente assumirem esta mensagem no coração – que o que vocês estão vivendo é um holograma de sua criação – vocês começarão a compreender a Unidade. Se assumirem no coração e realmente sentirem a Unidade com todos, todo o seu holograma mudará e se transformará. Tem que ser assim, porque vocês o estão criando. Vocês são os que vivem no meio disto.

Se puderem – e vocês podem – saiam do holograma por um momento – e isto é o que eu falei como o Espectador – ver o holograma que estão criando e como um amigo, outro amigo, outro amigo e outro amigo, estão interagindo com vocês em um determinado tema, de uma certa maneira. Vocês começarão a compreender não apenas mentalmente – mentalmente é bom, é um bom início; tem que começar lá primeiro, porque tem sido o seu treinamento começar com o mental em primeiro lugar – mas então o levem ao coração e sintam como estão interagindo com todos e como vocês são parte do que estão olhando. Vocês estariam em reverência do que estão criando, não no julgamento. Não estejam no julgamento disto.

O ego, por causa da “evidência” habitual dirá: “Bem, este holograma não é realmente perfeito.” O ego, novamente, é um programa que vocês não precisam mais. Vocês concluíram com ele. Observem o holograma que vocês estão vivendo e o chamem de bom, porque ele é.

Levem esta mensagem ao coração. Examinem, como o Observador, o holograma do que estão colocando em sua realidade – “r” com letra minúscula. Não julguem, mas estejam em reverência pelo que criaram. Há somente UM de nós, criando, vivendo, experienciando o holograma da Vida. Vocês são o Um.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus)

Universidade Oakbridge.

Tradução: Regina Drumond

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Preparação para a Mudança



Jesus/Jeshua por Judith Coates - 01-09-2011

Amados, vocês são aqueles que se voluntariaram, há muito tempo, para encarnarem neste momento, vir à frente no tempo para prepararem o caminho e estarem aqui agora para o que foi previsto e profetizado como a grande mudança na consciência coletiva. É uma mudança pela qual rogaram, que tentaram visualizar e da qual falaram aos amigos, aos que quiseram ouvir.

Vocês têm sido muitas vezes os mestres, aqueles que foram reconhecidos como as mulheres sábias da aldeia, os monges sábios que sabiam como acessar outras dimensões. Vocês foram aqueles que ajudaram a criar uma nova consciência; não apenas criar seres físicos, mas uma nova consciência. E assim, novamente vocês estão aqui para conduzir os irmãos e irmãs na preparação para a mudança na consciência.

Como foi profetizado, nos próximos 12 a 15 meses do seu tempo, haverá muitas mudanças. Vocês olharão para trás neste tempo e se perguntarão: “Como tais mudanças poderiam acontecer?” Como agora que vocês recordam a última década, as duas últimas décadas, até as últimas quatro ou cinco, e podem ver a mudança no pensamento da consciência coletiva.

Nos próximos 12 a 15 meses do seu tempo, haverá muitas mudanças acontecendo como tem acontecido nas últimas cinco décadas. Assim, segurem os seus chapéus, como eles dizem, porque haverá grandes saltos de compreensão no dia-a-dia. Uns estão preparados para desprender o seu peso. Outros estão preparados para a paz. Uns estão preparados para conhecer o amor, conhecer relacionamentos que são edificantes. Eles foram chamados para a cura. Eles foram chamados para obter respostas para compreender que a vida não tem que ser tão árdua como o mundo lhes tem sugerido, e tão difícil quanto os pares e pais e até amigos lhes disseram: “Bem, é assim que é a vida.”

Agora, sobre a preparação para a mudança: Na verdade, vocês já estiveram fazendo muitas preparações. Vocês estiveram despertando pela manhã e estiveram pedindo para ver os milagres no dia. Pediram para conhecer o lado positivo da vida e sendo gratos pelo que está em sua vida – toda a natureza, todos os amigos, todos os livros, todas as reuniões em que foram convidados a participar. Vocês estão achando que são gratos por tudo o que acontece, ainda que em princípio possa parecer um pouco estranho.

Mas vocês percebem que sabem que tudo funciona em conjunto – como eu estive lhes dizendo há muito, muito tempo – tudo funciona em conjunto para a realização de uma reconciliação. Pois, verdadeiramente, há somente Um. Tudo o que vocês percebem são vocês, porque vocês estão trazendo isto à frente. Onde isto existe?

Perguntem-se, onde verdadeiramente tudo existe? Em sua percepção, em sua mente, o que vocês vêem. Vocês estão projetando o que acreditam ser possível. Vocês o estão projetando, e então o vêem como seria em um reflexo que volta a vocês e vocês dizem: “Está certo, isto deve ser real, porque eu o vejo.” Mas, na verdade, vocês têm a idéia em primeiro lugar, e a estão projetando.

Assim vocês estiveram mudando. Em suas manhãs logo quando despertam, durante todo o dia, vocês irão reconhecer que talvez possam ver as coisas de modo diferente – vocês estão mudando as suas percepções. Vocês estão mudando o seu mundo, o mundo ao seu redor, porque vocês estão projetando uma imagem diferente do que pode ser.

Tentem isto no dia seguinte. Digam logo ao acordarem: “Eu verei os milagres neste dia. Eu verei a felicidade e a alegria. Eu verei os amigos que querem estar no mesmo espaço de luz.” Vocês notarão que quando vocês mantêm uma determinada idéia, como as coisas se encaixam milagrosamente, como as coisas acontecem perfeitamente, e vocês dizem: “Ei, isto é realmente legal. Eu gosto “disto.” Estejam cientes de que muitas vezes o que vocês pedirem virá até vocês.

Estejam cientes das pequenas nuances de cada dia, porque há milagres acontecendo a cada dia. Eles têm que acontecer, porque vocês determinaram a sua mente para ver os milagres, e eles chegam porque vocês os esperam. Este é o ingrediente número um em preparação para esta mudança: a expectativa. “Eu espero ver milagres neste dia. Espero ver a Alegria neste dia. Espero ouvir o riso e me sentir alegre.”

Mantenham positivas as suas expectativas, e é isto o que encontrarão durante o dia. Expectativas, esperança. Aquilo que vocês esperam é o que verão. Isto virá até vocês. Agora, eu sei que por muito tempo vocês estiveram presos no lamaçal da situação mundial. Esperem ver os milagres acontecendo lá, também. Esperem ver outros constatando que eles são verdadeiramente capazes de mudar as suas vidas.

Eu sei que o mundo tem falado que há muitos que estão sofrendo. Vocês projetaram isto porque isto tem sido o pensamento de gerações antigas, que lhes foi ensinado como o mundo tem que ser. Quando isto chegar a vocês – e isto surgirá – digam: “Não, não é isto que eu espero agora. Este é o pensamento de antigas gerações que eu assumi subconscientemente e esperei ver, porque os pais esperavam isto.”

Os irmãos e irmãs com que cresceram, seus pares, é isto o que eles esperavam ver, também. E assim eles o vêem. Mas vocês estão entrando em um novo espaço, e os irmãos e irmãs com que interagem, estão entrando também em um novo espaço. Esperem que eles entrem em um novo espaço, porque eles o farão verdadeiramente. Eles estão apenas esperando este pequeno estalar de dedos para fazer uma mudança.

Vocês podem lhes falar do poder de esperar o bem. Vocês têm um ditado de algumas décadas. Ele até se tornou um adesivo: Esperem um Milagre. Bem, tomem isto como o seu lema todos os dias. Esperem um milagre. E vocês podem ser muito específicos sobre isto se quiserem. “Eu espero um milagre em relação ao equilíbrio das moedas de ouro e da quantidade de trabalho que eu faço. Espero um equilíbrio em minha vida.” E vocês perceberão que ele virá, porque vocês estarão pedindo para vê-lo, e isto acontecerá porque vocês o esperam.

Há verdadeiramente somente Um. Vocês olham e porque lhes foi ensinado a ver muitos, vocês vêem irmãos e irmãs. Vocês projetam esta crença. Mas, verdadeiramente, vocês são Um expressando como muitos, e isto em si mesmo é um milagre, que vocês possam fazer tal expectativa, que vocês verão centenas, milhares ou mais indivíduos, aparentemente indivíduos, na face de nossa sagrada Mãe Terra.

Mas parem por um momento e se perguntem: “De onde vem esta idéia? Bem, ela vem da minha crença de que há muitas pessoas que habitam o mundo. Talvez eu possa ver isto de modo diferente. Talvez haja somente Um de nós. Talvez haja somente Eu, Nós.” Nós começamos a trabalhar com a palavra Nós, porque vocês estão unidos a todos aqueles que vocês ainda vêem por causa da crença nos muitos.

Assim, comecem a trabalhar com “Nós”. Nós sentimos paz. Nós somos felizes. Nós somos iluminados. E então vocês chegam a um espaço onde começam a compreender que a mente lhes está mostrando muitos, porque lhes foi ensinado que há muitos. Mas talvez tudo isto seja uma projeção do Um. Brinquem com esta idéia por algum tempo e vejam como vocês são poderosos.

Eu lhes falei ao longo dos anos sobre como vocês são poderosos, como são criativos, como criam tudo o que está em seu mundo, em sua experiência. Vocês criam tudo. E se o criam, onde isto começa primeiro? Começa com uma idéia em sua mente. Assim vocês começam a esperar que as coisas sejam diferentes. As coisas serão fáceis. “Eu terei tudo o que eu preciso.”

Vocês como Uma Mente criativa que são, cuidarão sempre de vocês. Podem confiar nisto, ainda que tenham que me invocar e pensar que eu farei os milagres por vocês. Eu o farei, mas é verdadeiramente a sua crença que faz isto. Mas se quiserem me chamar para fazer alguns milagres para vocês, está bem, também. Estou feliz em fazer isto. É fácil.

Comecem a entender o seu poder. Comecem a compreender a Luz que vocês são, como iluminam tudo no mundo, o seu mundo, quando projetam a Luz, quando sentem a Luz. “Eu espero sentir a Luz. Eu espero que os irmãos e irmãs – pois eu ainda vejo o Um expressando-se como muitos – eu espero vê-los movendo-se para a Luz.”

Quando vocês trabalham com expectativas, quando vocês trabalham com a mudança de crenças, é poderoso. É por isto que eu lhes posso dizer que nos próximos doze a quinze meses, vocês estarão em um espaço muito diferente. Vocês verão o seu mundo em uma dimensão muito diferente, porque estão projetando o que o mundo é.

Agora, não assumam, a partir do que eu já disse, a culpa e digam: “Pessoas em outros países estão sofrendo porque é a minha crença de que eles estão sofrendo. Eu sou culpado.” Não, vocês não são. E eles também não. Na verdade, eles não estão sofrendo. “Oh, meu Deus, como isto pode ser verdade? O noticiário me diz que há caos, que há revoltas, que os militares estão fazendo coisas horríveis. Como isto pode ser verdade?”

Na verdade, eles não estão sofrendo, exceto como a forma que vocês acreditam que eles estejam sofrendo. E se vocês acreditassem e esperassem que eles chegassem à Paz? Isto poderia acontecer. Não apenas poderia, isto irá acontecer. Isto tem que acontecer, porque vocês são a extensão – como dissemos muitas vezes – do Princípio Criativo. Vocês criam tudo em sua vida. Isto é como são poderosos!

A mente não pode absorver isto. Ela pode trabalhar com isto, ela pode brincar com isto, ela pode lançar isto ao redor e encontrar todos os tipos de objeções para isto. Mas quando vocês trabalham com o coração, com o sentimento da expectativa, então chegam à verdade. Trabalhem em amar tudo o que chegue a sua experiência a cada dia. Amem-no, agradeçam-no, e saibam que verdadeiramente vocês o colocaram lá como uma dádiva.

Eu sei que muitas vezes o ego separado disse: “Ah, grande presente”, e perguntou: “O que você fará com este presente?” Mas tudo é um presente que os conduziu a este espaço agora, onde vocês estão preparados para ouvir que há somente o Um, expressando-se como muitos, pois ainda há esta crença. E como vocês estão mudando isto em sua preparação para a mudança, é com amor e expectativa. Esperem que as coisas sejam diferentes, esperem amar tudo em sua vida.

Uau, grande pedido. Parece ser grande, mas vocês já fizeram grandes progressos ao entrar no espaço e dizer: “Eu quero ver o bem nisto. Estou disposto a ver o bem nisto.” Vocês já fizeram um grande progresso. Assim quando o ego separado lhes disser que: “Este é um pedido muito difícil. Eu não posso fazer isto. Eu não posso amar a tudo e receber tudo como uma bênção.” Digam apenas para o ego separado: “Ei, eu estive fazendo isto. Onde você esteve? Você não percebeu? Eu estive entrando em um espaço de grande gratidão por tudo o que eu estou retratando.”

Trabalhem amando a tudo o que vocês vêem, a todos que vêem. Trabalhem, divirtam-se, experienciem amando a si mesmos, porque vocês são aqueles que estão criando. Vocês são os mestres, como falamos muitas vezes, e vocês ouviram as palavras e disseram: “Oh, bem, isto parece bom, mas como eu tenho todo este estrume em minha vida?” Bem, é porque vocês querem evoluir, e assim vocês o têm.

Trabalhem com a gratidão pelo que vêem em sua vida, e então tragam isto de volta para casa, para vocês mesmos, amando-se e digam: “Ei, eu realmente fiz um bom trabalho nesta existência. Eu superei muitos desafios, desafios do mundo, e fui capaz de ver o bem nisto. Talvez não imediatamente, mas mais tarde eu pude ver o bem nisto.” Porque, verdadeiramente, vocês permitiram a cura em muitas áreas, onde na época, quando estavam no meio disto, vocês não pensavam que poderia haver a cura – dos relacionamentos, especialmente.

E assim vocês vivem em um espaço de gratidão. Vocês vivem em um espaço e dizem: “Puxa, deve ter havido um plano divino. Hum.” E então vocês prosseguem e dizem: “Eu devo ter tido uma idéia, um eu futuro meu que seria capaz de olhar para trás e ver a cura nisto.” Porque vocês têm a cada momento o que compreenderiam como um conceito, um eu futuro.

Divirtam-se com isto por algum tempo. É poderoso. Divirtam-se em ser o eu futuro de vocês. “O que é o eu futuro” – e pode ser como o dia seguinte ou o próximo ano ou dez anos – O que é que o meu eu futuro estará fazendo? Onde eu estarei? O que eu estarei fazendo? O que eu posso criar?”

Isto é poderoso e é parte da preparação para a mudança que vocês estão criando. Amando-se, sendo gratos por tudo em sua vida, vendo tudo como um milagre, sendo capazes de esperar ansiosamente o eu futuro e dizer: “Eu, como é que você vê o que eu estou passando agora?”

Coloquem-no à frente, talvez daqui a 12 meses. Onde você estará em doze meses? O ego separado diz: “Bem, eu não sei.” Bem, o ego separado não sabe. Mas o seu eu futuro sabe e existe até neste momento, e vocês podem acessá-lo.

A compreensão da esperança transforma a sua vida. Ela apressa a mudança que foi profetizada. Vocês acreditam na profecia e sabem que algo importante acontecerá, porque foi profetizado por muitas, muitas pessoas. Portanto, isto tem que ser verdade. Naturalmente, as muitas, muitas pessoas, são projeções de sua crença, mas isto se origina da Fonte divina de vocês que diz: “É o momento. É o momento agora para conhecer o Eu, a Energia Criativa, o Um que ainda está se expressando como os muitos, o nosso Nós.

“Estamos indo muito bem. Estamos trazendo milagres à existência. Uau! Ei, você sabe, isto é realmente magnífico. Eu posso falar isto aos amigos. Estamos realmente criando a mudança”. E isto é verdade. Assim, falem isto aos amigos. Alguns deles compreenderão e estarão felizes com isto. Outros dirão: “Hum, isto é muito estranho.” Mas isto está bem. Vocês os criaram a fim de, talvez, ter um pouco de informação. E com o tempo vocês criarão somente aqueles que estejam na mesma ressonância com vocês, porque a sua crença e a sua projeção lhes mostrarão somente harmonia.

Vocês podem sentir isto no coração. A mente algumas vezes tem um pouco de problema com isto, mas o coração sabe. O coração sente o amor, a Unidade. E então o coração instrui a mente para ver as coisas de forma diferente.

Aqueles que estão lendo isto pediram que vocês sejam os professores fundamentais, aqueles que sabem que vocês estão projetando aquilo que vêem em sua vida. É o que vocês esperam ver. Vocês são aqueles que concordaram que assumirão este poder e que o espalharão como sementes entre os aparentemente muitos, e vocês os amarão, porque os criaram para que estejam em sua vida.

Vocês dirão: “Uau”. Talvez não em voz alta. ”Eu o criei. Eu o vejo como uma extensão da vida. Eu o vejo com um corpo. Eu o vejo passando por experiências de vida. Eu o estou criando momento a momento. Na verdade, não há separação, e você realmente não existe, exceto quando o vejo e espero que exista.”

E isto não anula o seu valor. Somente traz o sistema de crenças de volta a sua origem, novamente à Mente que projeta. Na verdade, vocês, como indivíduos, não existem, exceto quando há a crença em sua mente de que os outros existem. Assim, se vocês os estiverem criando – e eu lhes digo verdadeiramente, vocês estão – então os façam da maneira que querem que eles sejam. Faça-os como amigos – felizes, alegres, querendo fazer as coisas com vocês de uma forma harmoniosa para criar a paz, a iluminação no mundo.

Se, na verdade, os outros não existem, exceto quando vocês os trazem a sua realidade – com “r” minúsculo – então os façam os belos seres que a extensão do Princípio criativo decretaria que eles fossem. Ouçam bem isto. Voltem e leiam isto novamente. Vocês estão criando tudo o que experienciam, vocês já leram isto antes.

Vocês estão criando todos os amigos e não tão amigos em sua vida. Na verdade, eles somente existem enquanto vocês acreditam que eles existem, portanto, vocês podem vê-los de forma diferente. Vocês podem esperar vê-los de forma diferente. Mas isto requer que vocês pratiquem, pratiquem, pratiquem. Mas não é necessária muita prática, antes que entendam e digam: “Oh, certo, eu compreendo. Eu tenho um vislumbre disto. E isto significa então que eu posso esperar ver a harmonia em meu mundo, até o amor.” E vocês verão.

O amor está ao redor de vocês o tempo todo. É o que vocês verdadeiramente são: o amor encarnado, expressando-se. E quando vocês compreenderem isto em relação a vocês, começarão a sentir de forma diferente quanto a vocês mesmos. Começarão a saber que, verdadeiramente, é o poder do amor que dita à mente o que vocês esperarão ver, e as coisas mudarão rapidamente.

É por isto que eu posso fazer a previsão que nos próximos doze a quinze meses, vocês verão grandes mudanças. Vocês verão grandes mudanças, porque esperarão ver grandes mudanças. Isto foi profetizado. Um mestre lhes falou que isto acontecerá; muitos mestres, na verdade. E vocês projetarão a crença de que as mudanças irão acontecer. E o que vocês verão? Mudanças. As mudanças pelas quais têm suplicado por muitas vidas.

Agora vocês se moveram para o espaço onde estão dispostos a ver as mudanças. Em outras vidas vocês esperavam viver a vida humana com todos os seus desafios, porque vocês queriam jogar na caixa de areia; vocês queriam saber como era esta caixa de areia em especial. De que cor era a areia? Ela era pesada, era leve, era cinza, era rosa, era uma areia verde? O que aconteceu quando vocês a lançaram no ar? Ela voltou para cima de vocês, ou ela voou para longe, para algum lugar? Vocês quiseram conhecer as diferentes caixas de areia.

Mas por trás do seu conhecimento, até no que vocês compreendem como outras vidas, havia um saber, uma esperança de que vocês chegariam a um espaço de compreensão de que a caixa de areia era apenas uma caixa de areia, apenas um lugar para jogar; sem julgamentos, mas apenas um lugar para ser criativo. E assim vocês foram muito criativos. E agora vocês podem olhar para trás e abençoar cada criação.

Esperem um milagre. Esperem mudar a sua mente. Esperem se sentir de modo diferente em relação a vocês. Esperem assumir o poder de mudar as suas crenças, e então procurem os milagres, porque eles estarão lá – pequenos e grandes. E naquilo que vocês consideravam como difícil, perceberão uma facilidade na manifestação da resposta. Ela fluirá.

Mudem os seus pensamentos e vocês mudarão a sua realidade. É muito fácil. Mudem a sua expectativa e vocês mudarão a sua realidade – com “r” minúsculo. E o poder para mudar a sua realidade – com “r” minúsculo – vem da Realidade – com “R” maiúsculo, porque vocês são a extensão do Princípio Criativo. Vocês são energia. Vocês são Inteligência. Vocês são o fluxo divino do Ser, antes que o tempo tivesse início.

Vocês são os criadores do tempo. E depois que o propósito do tempo tiver sido cumprido, e isto poderá acontecer nos próximos doze a quinze meses, vocês serão sempre aquilo que são agora – o Eu divino, a extensão da Fonte divina. Assim, se vocês são isto – e eu lhes garanto que são – por que não ser feliz? Esperem ser felizes, e vocês serão.

Compreendam o poder da sua criatividade. Comecem a entendê-la. Comecem a entender a Mente que são.

Não assumam a culpa, pois nada é julgado; nada é julgado. Tudo lhes traz ao espaço onde vocês estão agora, onde captaram uma nova idéia, uma compreensão de como são poderosos.

Esperem me ver. Divirtam-se com isto por algum tempo. Esperem me ver no corpo de luz, como um resplandecente corpo físico. Sintam-me. Eu segurarei a sua mão. Sintam a minha mão segurando a sua. Estendam-na agora e sintam a minha mão segurando a sua. Sintam a energia. Saibam sempre que aquilo que Eu sou, vocês são.

Que assim seja.

Jeshua bem Joseph (Jesus)

Expressando-se através de Judith Coates.

Universidade Oakbridge.

Tradução: Regina Drumond

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A Parábola do Manto Multicolorido



Jesus/Jeshua por Judith Coates – 05-07-2011

Amados, quando a sua mídia lhes traz notícias de novos desastres, o que ela adora fazer, permitam-se ver as aparências, sim; não neguem as aparências, mas observem um pouco mais e perguntem: “Como eu posso ver isto de forma diferente? O que está além do que parece ser aparente agora? Como isto pode ser definitivamente?”

Agora, esta é absolutamente uma pergunta a ser respondida, e a resposta é mais reveladora, porque a resposta lhes mostrará, e aos irmãos e irmãs, também, que há muito mais na vida do que apenas o corpo. Há muito mais na vida do que apenas os bens tangíveis. Há, realmente, a energia dos entes queridos que vocês podem, se o quiserem, sentir ao seu redor. Vocês podem falar com o ente querido e ter conhecimento de sua presença com vocês. Vocês podem falar com o ente querido e saber que ele está com vocês, que ele está muito feliz, verdadeiramente; em uma nova aventura, mas não os deixando fora desta nova aventura, porque onde houver um vínculo de amor, este vínculo nunca será rompido.

Assim quando ele libera o corpo e avança, o vínculo de amor está ainda lá. Que é verdadeiramente onde vocês vivem e tem o seu ser: na energia do amor. O corpo é ótimo para correr no prado, para montar a cavalo, para ir até o topo da montanha e visualizar abaixo o vale. O corpo é ótimo para relacionamentos, mas não é tudo do que se trata nesta vida.

A vida é para amar, e quanto mais vocês se permitem entrar em contato com o amor que vocês verdadeiramente têm por qualquer um dos entes queridos, pelos amigos, este amor cresce para o espaço, onde quando vocês decidem que liberarão o corpo, vocês estão vivendo no amor, e não é grande coisa deixar ir o corpo, pois verdadeiramente vocês sabem que a vida é contínua.

Vocês sabem que o corpo não é o início e o fim. É para ser usado por algum tempo, para ser apreciado – viver na alegria com o corpo -  ser tão ativo quanto possam ser, mas então deixá-lo ir quando houver o sentimento, o conhecimento ao nível da alma de que há mais, mais na aventura do amor, da luz e da própria vida.

Muitos de vocês podem chegar a um espaço onde querem avançar, querem saber: “O que está na próxima esquina? O que eu posso experienciar que está além da experiência desta vida? O que mais está lá?” E assim vocês podem dizer adeus aos seus amigos, aos seus entes queridos, e vocês permanecem com eles; não com o corpo, mas permanecerão com eles em consciência.

Vocês observam o que eles fazem e falam com eles: “Por favor, não chorem. Não fiquem presos na tristeza, mas lembrem-se de todas as agradáveis aventuras que tivemos juntos.”

Agora, eu sei que o ego separado correrá então para o seu palco muito rapidamente e dirá: “Você deveria se sentir culpado se estiver pensando nos bons momentos que teve com o ente querido. Você deveria estar sentindo, pelo menos por um determinado período de tempo, a perda do seu conhecido.” O ego separado diz: “Se você se sente feliz, deveria se sentir culpado.”

O ente querido que avançou, está vivendo em um lugar de maior perspectiva, sendo capaz de ver uma cena maior, e eles não querem que vocês fiquem tristes; não passem mais um minuto sofrendo por eles. O ego separado dirá frequentemente: “Se você realmente, realmente amou esta pessoa, deveria passar pelo menos seis meses, um ano, seis anos, dez anos sofrendo por ela, talvez até pelo resto desta vida.”

Mas o ente amado não quer que vocês façam isto. O ente amado está dizendo: “Ei, eu ainda estou aqui. Estou vivo. Ouça-me. Eu ainda estou com você.” É a mesma mensagem que eu lhes envio todos os dias: “Veja, eu estou sempre com você sempre”, e o mesmo ocorre com os entes amados. Eles estão com vocês sempre. Vocês fizeram a jornada com eles em outras vidas, também.

Assim quando vocês olham para as atividades do mundo, e a sua mídia lhes traz todos os aparentes desastres, permitam-se ver que esta é a atividade do mundo, sim, mas há mais. Procurem mais. Sintam mais. Em outras palavras, perguntem a quem liberou o corpo: “Onde você está? Fale comigo. Permita-me ter conhecimento de sua presença.”

Ainda que vocês sejam céticos e pensem; “Bem, é apenas um exercício, e, bem, eu vou tentar”, algo milagroso irá acontecer, algo que será totalmente surpreendente para vocês, e vocês dirão: “Este tem que ser o meu ente querido. Ele é aquele com quem compartilhei esta idéia. Não viria de ninguém mais. Tem que ser do ente querido.” E assim vocês têm provas de que eles estão ainda com vocês.

Aqueles que perguntaram sobre por que tem havido tantas tempestades – os tornados, o vento forte: “Por que há tantas inundações e tanta chuva, um dilúvio de chuva? Precisamos começar a construir a arca? Não. A razão pela qual há tantas tempestades agora é porque na consciência há uma atenção colocada nas tempestades e um sentimento de que as tempestades estão anunciando a mudança.

Sim, elas certamente anunciam a mudança, mas há uma consciência que traz a energia às tempestades. Quando vocês têm mais tempestades, há mais atenção, o que equivale a mais energia, o que equivale a mais manifestação.

Assim eu lhes digo, mantenham-se ocupados e visualizem a paz. Visualizem a calmaria da tempestade. Coloquem a sua energia na bonança e na correta ordem divina do que é chamado de natureza e na energia da natureza. Tragam o seu tremendo poder, o seu poder divino de manifestar um alívio de qualquer coisa que pareça como tempestade.

Sim, vocês precisam da chuva suave. Sim, vocês precisam de um pouco de vento para refrescar o ar. Vocês podem decretar o tempo. Alguns provaram isto a si mesmos e para outros, onde a trajetória projetada de uma tempestade foi mostrada pelo seu serviço meteorológico, e aqueles disseram: “Não, não será desta intensidade; ela não seguirá esta rota.” Eles visualizaram um apaziguamento da tempestade e um redirecionamento da energia, e a energia tem que obedecer.

Vocês são os mestres que criam tudo o que experienciam, se a experiência é aqui, diante de vocês, ou se vocês ouvem sobre ela em sua mídia. Contanto que isto venha a sua consciência, vocês a estão criando, e se a estão criando, vocês podem mudá-la. É como vocês são poderosos.

Agora a mídia está muito feliz em lhes trazer as notícias das tempestades. As pessoas do tempo estão muito felizes, porque elas estão no foco dos holofotes, e todos estão procurando as suas previsões. E eles estão colocando energia mais drástica inconscientemente, porque vocês amam o drama.

Em seu lugar coloquem as suas próprias notícias. Permitam-se acalmar a tempestade. Quando lhes trazem as previsões, todas elas são possibilidades. Se vocês lhes dão um pouco mais de energia, elas são probabilidades, mas elas não são manifestações até que haja o que vocês denominaram de síndrome do centésimo macaco, até que haja energia suficiente na consciência coletiva para torná-las manifesta.

Quando vocês colocarem energia calma nela, vocês neutralizarão parte da outra energia que está alimentando o drama e ela diminuirá aquilo que poderia ter sido um pouco mais drástico. Vocês são poderosos. Vocês podem acalmar qualquer tempestade, em qualquer lugar. Quando isto chegar a sua consciência, permitam-se acalmar a tempestade, tomem uma respiração profunda e digam: “Não, isto não tem que ser. A energia que está nesta tempestade pode ser diminuída”. E vocês respiram a sua paz na tempestade.

Isto mudará a energia da tempestade. Ela diminuirá. Vocês podem até, como eu disse, mudar a direção da tempestade. Isto aconteceu até em um nível subconsciente para alguns. Isto aconteceu recentemente a alguns em um nível subconsciente, onde eles viram o tornado se aproximando deles e então passando por cima deles. Ele deu a volta. Ele não os sugou, mas foi por outro caminho.

Assim, quando ouvirem falar das tempestades, enviem a sua paz a elas. Acalmem a tempestade. Nós falamos anteriormente de como vocês podem usar a sua energia e acalmar qualquer coisa que esteja acontecendo. Em qualquer relacionamento que pareça traumático, vocês podem trazer a sua energia de paz  para ele e acalmá-lo. Permitam que seja o seu critério, o seu código: abrandar.

Permitam a chuva, porque ela é necessária. Permitam o vento, porque ele é necessário. Permitam que os rios fluam, porque é necessário, mas sejam brandos na manifestação. Experimentem. Já estão reconhecendo que é uma possibilidade. Já estão reconhecendo que talvez possa ser uma probabilidade, que poderia acontecer.

Experimentem. Vocês são divinamente poderosos e estão trazendo estas ocorrências para testar o seu poder. Vocês não são vítimas. Estão trazendo oportunidades a si mesmos.

Tomem uma respiração profunda e experimentem isto. Vocês podem afetar qualquer coisa que esteja acontecendo em sua vida. Tentem isto. Vejam com as tempestades. Elas são um bom lugar para começar. Vejam como vocês podem afetar o que está sendo previsto, porque está somente sendo pré-dito: pré = antes do tempo; dito. Alguém está fazendo esta profecia, mas isto não significa que se tornará realidade. Assim se permitam estar em paz.

Agora, vocês gostariam de uma história? Sim. Nós teremos uma história. Ela está escrita em suas Sagradas Escrituras que realmente eu falei ao longo do tempo, usando as histórias para colocar um ponto de vista. Histórias são muito boas; elas são divertidas de se ouvir e são consideradas em muitos níveis.

Era uma vez – agora, todas as boas histórias começam com: “Era uma vez...” – Havia um bebê nascido de uma família de pastores. O pastor e a sua esposa amavam este menino. Eles queriam muito alguém que os ajudassem com as ovelhas, que cresceria amando as ovelhas, que cuidasse das ovelhas e tivesse o mesmo amor à vida que eles tinham.

Assim, quando o bebê nasceu houve grande alegria, porque o pastor e a sua esposa tinham querido há alguns anos ter um filho e agora eles tinham manifestado o seu desejo mais profundo. Assim dentro de sua família aumentada – havia tios e tias também – havia grande alegria e amor.

Uma das tias, sabendo que verdadeiramente esta criança era uma dádiva, quis dar aos pais um presente para comemorar esta grande ocasião, assim ela fez o que vocês chamariam de cobertor, um cobertor de bebê. Muitas vezes nesta vida quando alguém nasce, tem havido o presente do cobertor especial do bebê. Então ela fez este para o bebê.

Ela fez o cobertor especial para o bebê Miguel de muitas tiras de materiais diferentes, de modo que era de muitas cores, e ela o fez extragrande, de modo que ele pudesse ser dobrado várias vezes. Miguel amava este cobertor. Quando bebê, ele era envolto nele para mantê-lo aquecido.

Quando ele cresceu, ele sempre levava o cobertor do bebê com ele. Ele o arrastaria atrás dele em toda parte que fosse, porque era o seu objeto favorito. Agora, ele não tinha muitas posses, e ele não precisava de muitas posses, mas este cobertor significava muito para ele, assim onde ele fosse, ele arrastaria o cobertor, ou por cima do seu ombro, ou atrás dele. Era o seu objeto amado de afeto.

Quando ele cresceu mais, ele o usaria como um manto. Ele o colocaria ao redor dos seus ombros quando o vento e a  poeira soprassem. Algumas vezes ele o colocava no rosto para impedir que a poeira viesse a sua boca e aos seus olhos. À noite ele se envolvia no manto para se manter aquecido, enquanto ele se deitava com as ovelhas. Às vezes ele embrulhava um cordeiro no manto se este não tivesse a mãe ou estivesse doente. Havia muito amor no cobertor.

Quando ele se tornou um homem, ele usava o cobertor como um manto ao redor dele. Sempre, sempre que vocês vissem Miguel ele tinha o manto com ele. Ele era conhecido como Miguel do manto multicolorido, porque ele sempre o usava.

Com o tempo a sua mãe e o seu pai lhe disseram adeus, fizeram a transição, como vocês a chamam, e  se tornou o pastor principal. Ele se casou e teve filhos, e ele envolvia os seus filhos neste manto de muitas cores, também. E ao longo do tempo o manto pareceu um pouco desgastado. Ele o pegaria, lhe daria uma boa sacudida, tirava o pó dele e se envolvia nele novamente.

 Os seus amigos o provocavam quando ele era um adolescente e até mesmo muito mais tarde – uma provocação bem humorada, porque eles viam que o que eles diziam não fazia qualquer diferença à Miguel; ele ainda o amava e o usava. Não lhe importava qual fosse a aparência.

O objetivo desta história é muito simples. Vocês podem olhar para as aparências e ver uma coisa, mas se observarem mais atentamente, poderão ver mais significado. Poderão discernir o que está verdadeiramente acontecendo. Não julguem pelas aparências. Permitam-se lembrar do manto multicolorido de Miguel.

Algo que vocês amam nunca os deixa. Isto é verdade para os entes amados. É verdade para um manto que talvez vocês tivessem durante muito tempo. Permitam-se sentir a energia.

Permitam-se olhar além das aparências o que está acontecendo no mundo e então deem um passo atrás das aparências. Talvez, simbolicamente, deem a esta visão um pouco de sacudida para tirar o velho pensamento, a velha poeira dele, e observem novamente o que está acontecendo no mundo.

Não julguem pelas aparências. Mas se julgarem, julguem pelo amor que nele está. Levem isto com vocês, e saibam que sempre eu e vocês, juntos, – porque não há separação – somos o manto de amor que caminha na Terra neste momento. Nós espalhamos o nosso manto, nossos braços ao redor dos outros, não importa qual possa ser a aparência – alguns são de pele clara, alguns de pele escura, alguns de pele vermelha, alguns de pele amarela. Alguns têm muito cabelo. Outros, um pouco menos. Alguns são altos, alguns baixos, alguns gordos, outros são magros.

Não julguem pelas aparências, pois com o manto de amor que nós somos, nós envolveremos mentalmente, energeticamente, os nossos braços ao redor de outros e lhes diremos: “Vocês são intensamente amados.”

Que assim seja

Jeshua bem Joseph (Jesus)

Universidade Oakbridge.

Tradução: Regina Drumond
Related Posts with Thumbnails